O que é melhor escolher para uma unidade de sincronismo: corrente ou correia

  • Jan 02, 2021
O que é melhor escolher para uma unidade de sincronismo: corrente ou correia
O que é melhor escolher para uma unidade de sincronismo: corrente ou correia

Muitos motoristas estão interessados ​​na resposta à velha questão de o que é melhor escolher para sincronizar um carro - um bom e velho cinto ou uma corrente brutal. A resposta a esta pergunta não é tão simples quanto pode parecer à primeira vista. Você poderia até dizer que vale a pena considerar as duas opções. No entanto, a questão de quando e qual é a melhor escolha para você ainda permanece sem resposta. Qual é o resultado da disputa?

O que você precisa saber sobre a rede

A corrente de sincronização é boa o suficiente para uso a longo prazo. / Foto: drive2.com.
A corrente de sincronização é boa o suficiente para uso a longo prazo. / Foto: drive2.com.

A corrente de distribuição possui um arsenal impressionante de vantagens inegáveis. Em primeiro lugar, estamos falando, é claro, sobre a força e a confiabilidade de tal produto. E isso, por sua vez, afeta diretamente a duração da operação da peça. A corrente funciona bem mesmo depois de uma corrida impressionante de várias dezenas de milhares de quilômetros. Claro que existem nuances, por exemplo, o tempo de uso da corrente afeta diretamente a qualidade do metal utilizado em sua produção. Além disso, a corrente de distribuição precisa de manutenção adequada, que inclui lubrificação, tratamento térmico e tensão correta.

Existem problemas. / Foto: remauto72.ru.

Ao mesmo tempo, a corrente de distribuição tem suas desvantagens. Qualquer corrente se estica de uma forma ou de outra. Pior do que isso, só pode ser que exposta incorretamente e esticada ao longo do tempo comece a ressoar. Como resultado, problemas com o alvo também podem resultar em problemas com a operação dos cilindros do carro. Tudo terminará com um reparo caro garantido. Em qualquer caso, se o proprietário iniciar a situação.

LEIA TAMBÉM: Um recurso útil no porta-luvas do carro que a maioria dos motoristas não conhece

O que você precisa saber sobre o cinto

Há prós e contras. / Foto: yandex.ru.

A transmissão por correia dentada tornou-se cada vez mais popular nos últimos anos. A principal vantagem deste elemento é que requer custos muito mais baixos (incluindo mão-de-obra e tempo) em termos de instalação e manutenção. A correia é muito mais barata que a corrente e não precisa de lubrificação e tratamento térmico. Em suma, pode ser descrito com as palavras "barato e alegre".

>>>>Idéias para a vida | NOVATE.RU<<<

Solução perfeita. / Foto: syl.ru.

Claro que, das vantagens da correia dentada, seguem diretamente suas desvantagens. As correias requerem uma substituição muito mais frequente. Os melhores exemplos atendem de 60 a 90 mil quilômetros. Nesse caso, a vida útil recomendada é de até 50 mil. Como a corrente, o cinto estica e começa a ceder. Nesse caso, os processos destrutivos começam muito antes. Finalmente, a correia é muito mais vulnerável a vários contaminantes e não é nada amigável com a água.

Continuando o assunto, leia sobre
nuances importantesque os motoristas perdem.
Uma fonte:
https://novate.ru/blogs/110620/54869/